Imagem inicial.JPG

Bem-vindos ao Consultório da Língua para Jornalistas

 

O Consultório da Língua para Jornalistas (CLJ) é um projeto de formação de língua portuguesa para jornalistas timorenses, uma parceria do Camões I.P. e Secretaria de Estado para a Comunicação Social de Timor-Leste.

To play, press and hold the enter key. To stop, release the enter key.

O Projeto

É objetivo geral deste projeto formar os profissionais de comunicação social timorenses para a transmissão de informação fidedigna ao público em língua portuguesa, contribuindo assim para o aumento da literacia mediática, económico-financeira e jurídica e para o fomento do conhecimento geral da população.

São beneficiários deste projeto:

 

- 150 jornalistas timorenses da imprensa escrita, rádio e televisão;

 

- 40 assessores de imprensa do Governo de Timor-Leste.

 

 

 

Formação e recursos

Formação

 

Os planos de formação intensiva de Português para Jornalistas são preparados de acordo com um estudo exaustivo que teve como base:

- o perfil sociolinguístico dos jornalistas;

- o estudo dos conteúdos dos órgãos de comunicação social;

 - os testes diagnósticos para avaliação da proficiência linguística;

- o corpus linguístico (de textos da RTTL e Timor Post e dos testes diagnósticos);

 - a formação realizada em 2014 de acordo com os pedidos dos órgãos de comunicação social.

 

Adotando-se uma metodologia de ensino de Português Língua Não Materna, a formação intensiva é dividida por níveis de proficiência linguística (200 horas para cada um dos níveis A1/A2, B1, B2 e 135 horas para o nível C1).

Recursos da formação

Com base no plano de formação, elaborado de acordo com as necessidades linguísticas dos jornalistas, são construídos para cada nível de proficiência linguística:

- o Manual de Português para Jornalistas;

- exercícios interativos para uso na aula e autoaprendizagem na disciplina Consultório da Língua para Jornalistas, alojada no Centro Virtual Camões, que já conta com cerca de 400 atividades;

- um portefólio.